Um pouco de Shoujo

Blog de resenhas de animes shoujo, comédias, romances, entre outros gêneros. Além de abordar também filmes, mangas e doramas.

O serviço de entrega da Kiki

By 16:14 , , ,



Enquanto eu ainda não assisto ao último filme do Hayao Miyazaki resolvi ver os filmes dele que eu ainda não vi, começando pelo “O Serviço de entrega da Kiki”, que foi baseado na novela de mesmo nome, publicada pela Fukuinkan Shoten em 1985. Aliás, o filme foi o primeiro que estúdio Studio Ghibli lançou em parceria com a Disney!

Kiki é uma garotinha filha de uma bruxa que vive feliz em sua cidade, rodeada de amigos e familiares, mas ao completar 13 anos precisa viajar e passar por treinamento de 1 ano, aprendendo a se virar sozinha. 

Eu achei muito bonito os pais da Kiki apoiarem seu treinamento, apesar de saberem que ela tem apenas 13 anos e ficarem preocupados com ela sozinha. Também achei interessante o fato dos amigos e familiares saberem que ela e a mãe são bruxas, como se isso fosse super normal, o que faz com que a magia do filme fique ainda mais intrigante e bonita.



Kiki é espontânea, divertida, ingênua e viaja na companhia de seu petulante gato preto, mas a viagem começa e termina rápido porque logo ela encontra uma cidade pra ficar, uma cidade grande com gente de todo tipo, pessoas que gostam dela e pessoas que a encaram com estranheza. Osoro é uma que adora a Kiki, dona de uma padaria, ela hospeda a bruxinha e a ajuda a realizar seu objetivo: ter um serviço de entrega. Osono e seu companheiro padeiro acabam se transformando em quase pais para Kiki, tanto que na primeira entrega dela o padeiro só sossega quando ela volta.



Além de ver a Kiki aprendendo a se virar sozinha, a cada entrega conhecemos um personagem novo, além do fato da bruxinha, apesar de não querer, ter um amigo bem interessado nela. Engraçado que a Kiki age com birra sempre que o garoto aparece, e o pobre é tão gentil com ela!

Como todo o filme do Miyazaki, “O serviço de Entrega da Kiki” é um filme lindo, bonito e mostra bem a passagem da pré-adolescência para a adolescência, embora às vezes Kiki se comporte como uma verdadeira adulta, passando pelo entusiasmo da nova vida, a depressão por estar em um lugar desconhecido e sentindo novamente confortável com os desafios. Enfim, um excelente filme, repleto de aprendizado e personagens cativantes.

Pers

You Might Also Like

9 comentários

  1. Eu não sabia que tu ainda não tinha visto esse filme. Eu adoro ele, talvez seja o meu preferido do Miyazaki. Acho a Kiki genial, linda, fofa e você está mesmo viciada em ter razão Mi, porque o fato de todo mundo tratar com naturalidade a magia dela da um tom super especial a trama.

    Adorei a resenha! Cheros, Jaci.

    ResponderExcluir
  2. kkkkkk isso vicia mesmo Pandinha!!! Pois é, ainda não tinha visto, mas AMEI!!!

    Cheros

    ResponderExcluir
  3. Nossa, realmente preciso reassistir a este filme (não assisto desde a morte do último tocador de VHS de casa!).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha nossa Eiti, faz tempo, hein? kkkkk

      Excluir
  4. Gostei, quero baixar! Fico atraida por filmes que tratem a diferença com uma coisa natural. sem falar que é desenho hehehehe.

    ResponderExcluir
  5. Bem, estamos falando de Hayao Miyazaki. Nunca assisti a esse filme, mas sua resenha dele mostra como ele é. Um filme que vale a pena... ^^
    Quem sabe um dia eu não o assisto?

    Até mais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena Natália, vai por mim kkkkk

      Excluir
  6. Nunca vi esse filme mas estou para ver o:
    na verdade, amo tudo que seja do Miyazaki (:

    Convido a a visitar o meu cantinho,
    Words-by-Ricci.blogspot.pt
    e a seguir se gostar (:
    Obrigado! *o*

    ResponderExcluir